Terça-feira, 30 de Junho de 2009

CURIOSIDADES, modo de dobrar a Bandeira de Portugal

CURIOSIDADES, modo de dobrar a Bandeira de Portugal.

 

 

 

"O ESCUTA É FILHO DE PORTUGAL E BOM CIDADÃO"

2º Princípio

 

Muito se fala como se dobra a Bandeira de Portugal e muitos palpites são dados, partindo do conhecimento da forma de dobrar a Bandeira, através de filmes, concretamentes filmes americanos, onde podemos ver a Bandeira dos E.U.A. a ser dobrada em triangulos, mas em Portugal a forma correcta não é assim.

 

O 2º Princípio escuta, obriga-nos a conhecer, entre muitos outros assuntos, porque não, como dobrar a Bandeira de Portugal.

 

Mas cada país tem regulamentado a forma da dobragem da sua Bandeira.

 

Quando for dobrada, especialmente em cerimónias, a Bandeira de Portugal, deverá sê-lo de modo a que, no final resulte um retângulo com a largura e comprimento do Escudo Nacional.

 

A dobragem deverá ser feita por, pelo menos duas pessoas, segundo os seguintes passos:

 

Início:

 

 

Coloca-se a bandeira na horizontal, segura pelas bordas da tralha e o batente

 

1º Passo

 

 

Dobra-se o terço superior para trás

 

2º Passo

 

 

Dobra-se o terço inferior para trás

 

3º Passo

 

 

Dobra-se o lado do batente para trás

 

4º Passo

 

 

Dobra-se o lado da tralha para trás

 

 

A Bandeira de Portugal é sempre transportada numa bandeija ou numa almofada, própria para o efeito.

publicado por fna-nucleodeesgueira às 11:36

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 29 de Junho de 2009

FNA/RAv, participa no JOTA/JOTI 2009

FNA/RAv, participa no JOTA/JOTI 2009

 

 

 

A FNA/RAv, vai dando provas da sua vitalidade.

 

Com os seus orgãos directivos democráticamente eleitos e já com a sua posse tomada, a FNA/RAv é capaz de se organizar e capaz de organizar as suas próprias actividades, actividades próprias do ESCUTISMO PARA ADULTOS.

 

Se em tempos esperavam por convites vindo do CNE, hoje tomamos a dianteira e temos os destinos da FNA, nas nossas próprias mãos.

 

É sempre bom receber convites para ctividades do CNE, o S. Jorge é um bom desses exemplos, assim o CNE mostra o carinho que tem pelos seus antigos escuteiros, e  a FNA/RAv, sente-se orgulhosa por essa deferência, pois não esquecemos a nossas origens e o nosso passado, por isso a FNA/RAv vê com agrado o CNE nas suas actividades, sendo na sua lista de protocolo os primeiros a ser enviado o convite.

 

Mas não tem sido possível estarmos sempre juntos. Há um longo caminho a percorrer e muitas pontes a lançar.

 

Este ano a FNA/RAv, vai estar no JOTA/JOTI 2009, com uma estação de rádio, em Avanca e uma estação na internet, em Esgueira.

 

Os indicativos já estão pedidos bem como os endereços electrónicos, aguadando agora uma resposta da organização.

 

Oportunamente daremos mais informações, mas nas V. agendas comecem a reservar os dias 17 e 18 de Outubro, para visitarem as estações da FNA e terem o privilégio de mandarem mensagem para outros 500.000 escuteiros de todo o mundo.

 

Aqui sim se vê a grandeza desta grande fraternidade, do ESCUTISMO PARA RAPAZES e do ESCUTISMO PARA ADULTOS.

publicado por fna-nucleodeesgueira às 17:35

link do post | comentar | favorito

JOTA/JOTI 2009

JOTA/JOTI 2009

 

 

Todos os anos, no mês de Outubro, cerca de 500 mil escuteiros e participam do JOTA/JOTI em todo o mundo, estabelecendo contatos entre si através de estações de radioamador. O Jamboree-On-The-Air, ou simplesmente JOTA, nasceu através de uma idéia de Les Mitchel - G3BHK, um radioamador inglês, no ano de 1957.  Desde então, a actividade vem sendo realizada, adaptando-se sempre à realidade dos equipamentos e dos avanços da comunicação por rádio.

publicado por fna-nucleodeesgueira às 17:34

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Junho de 2009

ACANAC - Os trabalhos continuam

QUINTA DOS CIPRESTRES, pronta a receber o ACANAC

 

 

(Chefe Policarpo, Chefe responsável da Equipa que organiza o ACANAC)

 

Mais um fim-de-semana de trabalho de preparação para o ACANAC, desta vez tivemos a companhia e a garra da Região do Porto. Mais uma actividade de convívio e trabalho na família da FNA.
 
 
(para que nada falte, tudo está ser trtado ao promenor)

 

publicado por fna-nucleodeesgueira às 09:41

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Junho de 2009

B.P. - Curiosidades

B.P., curiosidades

 

 

"... B.P. recebe cartas de todos os pontos do império britânico.
Entre essas milhares de mensagens, vindas sobretudo da juventude, há uma assinada por um rapazinho de 9 anos que diz assim:
- Tenho dois coelhos; um fica acordado, enquanto o outro dorme. Dei-lhe por isso, o seu nome, porque o senhor é o homem que nunca dorme ...
A esse, e a tantos outros rapazes, B.P. responde:
- Receio bem, que quando eu voltar a Inglaterra me tomem por um forçado evadido, porque ando sempre com a maior das preocupações, baixando-me e rastejando para não ser visto, sempre à procura da presa.
Os indígenas chamavam-me ' Mahla Panzi ' - o homem que se deita para atirar ou o que faz os seus planos antes de disparar. Na África do Sul deram-me o nome de ' Kantaky ' - o homem do chapéu grande; e para os Matabeles eu era o ' Impeesa ' - o lobo que nunca dorme..... E a todos os que lhe agradeciam a lição exaltante dos Cadetes de Mafeking, dizia:
- Não se contentem com tentar lutar contra os maus hábitos. É preciso que sejam úteis e bons. Quando lhes digo para serem bons, entendo prestar pequenos serviços uns aos outros, sejam estes conhecidos ou não. Não custa nada, e o melhor meio é decidirem-se a fazer, pelo menos, uma boa acção cada dia. Depressa terás o hábito de ser prestável e bom e pouco importa que a tua boa acção seja modesta. O importante é fazer alguma coisa.


B.P. recebe um dia uma flâmula enviada por uma rapariga, onde se encontram como legenda as iniciais: B.P., e logo exclama:
- Eis uma palavra de comando que eu quereria ver posta em prática, tanto na paz como na guerra, para a vida como para a morte: ' Be Prepared ' - estar pronto, estar alerta !!
A isto podia B.P. juntar uma das suas frases que tanto gostava, em latim:
' Fides semper omnia vincit ' - A Fé sempre vence tudo ! "

publicado por fna-nucleodeesgueira às 09:21

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 15 de Junho de 2009

LIVRO - O SANTO CONDESTÁVEL - D. NUNO ÁLVARES PEREIRA

 

 

"Os ventos da História jamais poderão apagar em nós a memória do Santo Condestável. Se aqueles estão sujeitos aos desgastes próprios do tempo, já a nossa memória, se animada pela Fé e seus valores, não poderá deixar que caiam no esquecimento os ilustres portugueses do passado.

A actualidade de Nuno Álvares, Beato Nuno de Santa Maria, o Santo Condestável, impõe-se com toda a veemência. Homem do século, interveniente na História, comprometido com as grandes causas da Nação que perigava e, ao mesmo tempo, Homem de Deus, consagrado segundo o carisma do Carmelo.

Expresso o meu fundo desejo de que este texto contribua, sem demora, para a restituição de Nuno Álvares primeiro aos altares dos nossos corações e aos preitos de uma ternura e veneração bem arreigados, e, depois, na disseminação e multiplicação da sua figura de Herói e Santo por todos os lares e templos, por todas as praças e ruas, por todos os tempos e lugares, a fim de que a repetição nos conduza a Ele; para que Ele nos restitua a nós próprios, tão divorciados que andamos por vezes do sentido nacional e religioso.

É fundamental que cresça a devoção ao Santo Condestável. Para nós cristãos, ele é testemunho de virtudes e inspirador de santidade, numa época em que Bento XVI tanto sublinha o ideal da santidade. Sigamos, deste modo, os passos desta magnânima figura.".
 
O Santo Condestável D. Nuno Álvares Pereira de José António Ribeiro de Carvalho


 

 
O Santo Condestável D. Nuno Álvares Pereira
Biografia ilustrada do Homem, do Herói e do Santo
Edição/reimpressão: 2009
Páginas: 116
Editor: Via Occidentalis

 

publicado por fna-nucleodeesgueira às 12:14

link do post | comentar | favorito

Frei SILVINO, recebe lenço da FNA

Frei SILVINO, recebe lenço da FNA

 

 

Tal como tinha sido anunciado, a 11.06.2009, solenidade do dia do CORPO DE DEUS, em missa campal na Quinta FONTE FRADE e pelas mãos do Presidente da FNA/RAv, tendo por testemunha a Região de Aveiro da FNA, foi feita a imposição do lenço da Fraternidade de Nuno Álvares, ao Assistente Regional o Frei Silvino.

 

Ao Frei Silvino dizemos “ … a seara é grande …”, mas pode contar com a nossa modesta ajuda.

 

Ao Frei Silvino, desejamos à boa maneira  escutista uma BOA-CAÇA

 

publicado por fna-nucleodeesgueira às 09:46

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

AS NOVAS TECNOLOGIAS CHEGARAM AOS ACAMPAMENTOS

AS NOVAS TECNOLOGIAS CHEGARAM AOS ACAMPAMENTOS

 

Seria impensável nos dias de hoje fazer uma actividade escutista, sem ter presente as novas tecnologias, o PC, a internet , o GPS, etc, etc.

 

Na Quinta "FONTE FRADE", foi instalada para o ACANUC/09 uma Secção de Informáica, sobre a chefia do Rafael Ferreira.

 

 

Era daqui que diáriamente era emanado para todo o país o jornal de campo on-line.

 

Assim todos podiam estar em comunhão com o associados em campo.

 

Ao Rafael, o nosso bem-haja pelo exceente trabalho

 

 

publicado por fna-nucleodeesgueira às 09:19

link do post | comentar | favorito
Domingo, 14 de Junho de 2009

DIA DA COMUNIDADE PAROQUIAL - 2009

 

"VIAGEM COM UNIDADE"

 

 

Apesar de ser o movimento mais pequeno e o mais recente da Paróquia de S. André - Esgueira, a FNA - Núcleo de Esgueira, quer ser uma força viva a actuante dentro da mesma.

A FNA - Núcleo de Esgueira quer contar com o apoio da paróquia e faz saber que a paróquia pode sempre contar com o seu modesto serviço.

Por estas razões a FNA - Núcleo de Esgueira, disse uma vez mais presente do DIA DA COMUNIDADE PAROQUIAL 2009 e fez-se notar neste dia subordinado ao lema "VIAGEM COM UNIDADE", celebrado este ano  e organizado pela comunidade de Taboeira.

 

publicado por fna-nucleodeesgueira às 17:04

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 11 de Junho de 2009

FNA/RAv, na imprensa regional católica

FNA/RAv, na imprensa regional católica

 

 

Jornal "Correio do Vouga" de 10.06.2009

publicado por fna-nucleodeesgueira às 12:37

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Junho de 2009

IIACANUC

II ACANUC

 

 

Está prestes a começar mais uma aventura  da FRATERNIDADE DE NUNO ÁLVARES - Região de Aveiro.

 

Estamos no dia "D-1".

 

Mais uma vez a FNA - Núcleo de Águeda, reune à sua volta fraternos de vários núcleos da região.

 

Há aliciantes para que ninguém fique em casa. O Centro de Actividades Escutistas, propriedade do Chf Ferreira (FNA - Núcleo de Águeda), começa a dar provas de ser pequeno, para tanto movimento e agitação.

 

No dia "D+2", num dos pontos altos desse dia e do IIACANUC, o Assistente Regional da FNA/RAv, vai ser investido de Associado da FNA.

publicado por fna-nucleodeesgueira às 18:56

link do post | comentar | favorito
Sábado, 6 de Junho de 2009

52º JAMBOREE NO AR e 13º JAMBOREE NA INTRANET

52º JAMBOREE NO AR e 13º JAMBOREE NA INTRANET

 

 

 

Como em anos anteriores as inscrições para o JOTA/JOTI decorrem de 1 a 24 de Junho, porém com a entrada em vigor do novo regulamento de amador e amador por satélite (DL 53/2009 de 2 de Março) alguns procedimentos, nomeadamente a atribuição de indicativos ocasionais de chamada (indicativos especiais), os prefixos para os mesmos, bem como a respectiva taxa (que passou a ser de 15€ - conforme portaria 567/2009 de 27 de Maio) e por não termos a certeza dos procedimentos a adoptar (aguardamos indicações por parte da ANACOM), decidiu o DNR prolongar o prazo das inscrições até ao dia 17 de Julho.

 

No que se refere ao JOTA, e pelo já exposto anteriormente, solicitamos que estejam atentos aos vossos e-mails bem como ao site da FNA do JOTA/JOTI http://fna-radioescutismo.blogspot.com, onde serão disponibilizadas, brevemente, todas ainformações e eventuais procedimentos a ter em consideração.

publicado por fna-nucleodeesgueira às 23:20

link do post | comentar | favorito

Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa sobre as próximas eleições

Nota Pastoral da Conferência Episcopal Portuguesa sobre as próximas eleições
 
 
Direito e dever de votar
Votar, um exercício de cidadania


1. Neste ano de 2009, os cidadãos portugueses serão chamados a participar em três actos eleitorais: Parlamento Europeu, Assembleia da República e Autarquias Locais.

Dada a importância social e política que as eleições revestem num regime democrático, este acontecimento não nos pode deixar indiferentes.

A Igreja, na linha de pensamento de Paulo VI, continua a considerar a acção política como uma “arte nobre”.

Dentro da missão que nos é própria, sentimos o dever de proporcionar aos cristãos das nossas comunidades, e aos cidadãos em geral que estejam abertos a ouvir a nossa voz, um contributo que estimule o dever de votar e ajude a exercer este direito, em liberdade de consciência esclarecida.

Não há democracia sem participação. Corrigem-se as suas limitações, também com a participação, consciente e activa, que um acto eleitoral proporciona. Estas não podem dar lugar ao alheamento dos cidadãos. Antes, devem ser motivo de um seu maior empenhamento.

Os cristãos devem sentir o dever de votar, bem como de se esclarecerem sobre o sentido do seu voto. Um dever de consciência do qual não se podem moralmente eximir, e que servirá ainda de exemplo aos mais jovens, tantas vezes alheados da construção de um futuro, que especialmente lhes pertence.


Candidatos ao serviço do bem comum


2. É fundamental que os eleitores tenham consciência do que está em causa quando se vota. Os responsáveis políticos têm o dever de formular programas eleitorais realistas e exequíveis, que motivem os eleitores na escolha das políticas propostas e dos candidatos que apresentam. Este dever exige dos mesmos responsáveis a obrigação de visar o bem comum e o interesse de todos, como finalidade da acção política, propondo aos eleitores candidatos capazes de realizar a sua missão com competência, cultura e vivência cívica, fidelidade e honestidade, sempre mais orientados pelo interesse nacional, que pelo partidário ou pessoal. Ser apresentado como candidato não é uma promoção ou a paga de um favor, mas um serviço que se pede aos mais capazes.

Os regimes democráticos, como as pessoas que neles actuam mais visivelmente, não são perfeitos. A política é acção do possível. É, porém, necessário que se vão alargando sempre mais as margens do possível, para que a esperança não dê lugar a desilusões.


Três actos eleitorais distintos


3. Julgamos útil dizer uma palavra motivadora, sobre os actos eleitorais que se aproximam.


Eleições para o Parlamento Europeu. A entrada de Portugal na União Europeia foi uma opção compreensível e realista, em virtude da qual o país já muito beneficiou. Dissemos, por ocasião das eleições para o Parlamento Europeu em 1994, que esta instituição se podia classificar como “uma das mais importantes expressões da consciência da nova Europa comunitária”.

Mas a Europa, que se quer unida e de todos, tem no seu seio focos de divisão, provocados por ideologias e interesses nacionalistas. Importa não deixar anular o contributo cultural e espiritual dos países que integram a União, o qual enriquecerá o conjunto europeu.

O Parlamento Europeu é o espaço para a proclamação e defesa dos valores morais e éticos da Europa, que a defenderão na sua identidade histórica e cultural. Os candidatos propostos a deputados europeus devem possuir cultura e capacidade interventora para esta missão.


A Assembleia da República é o principal órgão legislativo do país. Sem objectivos claros, e sem leis adequadas e respeitadoras da realidade e do bem comum, o país não pode progredir.

A Assembleia, constituída por deputados propostos pelos partidos políticos, é um lugar vocacionado para construir a unidade e o progresso da nação. Os seus membros devem empenhar se no maior bem da comunidade nacional, ocupando se com os problemas e situações mais graves que urge resolver.

A diversidade dos deputados e dos partidos é enriquecedora. Não menospreza nem anula o contributo de todos. No acto de votar, há que estar atento para ver se os candidatos apresentados pelos partidos dão garantias de poderem realizar o que deles legitimamente se espera.


A eleição para as Autarquias Locais tem merecido o maior interesse das populações e, por isso mesmo, nela se tem verificado a menor abstenção. Os eleitores conhecem as necessidades concretas, as pessoas propostas com a sua competência e honestidade, os méritos e os desvios do trabalho até ali realizado. Tudo isto, para os eleitores, se torna determinante. O momento presente convida a uma maior atenção para que se possa denunciar quem não serve, nem dá garantias.


Critérios e valores a respeitar e promover


4. Em todas as eleições, como na acção política normal, o critério fundamental deve ser a pessoa humana concreta, servida e respeitada na sua dignidade e direitos.

Assim poderá satisfazer também os seus deveres. É este respeito e cuidado que permite realizar a humanização da sociedade.

Ninguém deve esperar que um programa político seja uma espécie de catecismo do seu credo, mas um modo de compromisso para a solução dos problemas do país.

Neste sentido, enumeramos alguns critérios que consideramos importantes para escolher quem possa melhor contribuir para a dignificação da pessoa e a realização do bem comum:

– Promoção dos Direitos Humanos;
– Defesa e protecção da instituição familiar, fundada na complementaridade homem mulher;
– Respeito incondicional pela vida humana em todas as suas etapas e a protecção dos mais débeis;

– Procura de solução para as situações sociais mais graves: direito ao trabalho, protecção dos desempregados, futuro dos jovens, igualdade de direitos e melhor acesso aos mesmos por parte das zonas mais depauperadas do interior, segurança das pessoas e bens, situação dos imigrantes e das minorias;

– Combate à corrupção, ao inquinamento de pessoas e ambientes, por via de alguma comunicação social;

– Atenção às carências no campo da saúde e ao exercício da justiça;
– Respeito pelo princípio da subsidiariedade e apreço pela iniciativa pessoal e privada e pelo trabalho das instituições emanadas da sociedade civil, nomeadamente quando actuam no campo da educação e da solidariedade

O eleitor cristão não pode trair a sua consciência no acto de votar. Os valores morais radicados na fé não podem separar se da vida familiar, social e política, mas devem encarnar se em todas as dimensões da vida humana. As opções políticas dos católicos devem ser tomadas de harmonia com os valores do Evangelho, sendo coerentes com a sua fé vivida na comunidade da Igreja, tanto quando elegem como quando são eleitos.


Apelo aos candidatos e eleitores


5. Reconhecendo a acção política como uma “arte nobre”, não podemos deixar de apelar, aos políticos em acção e aos candidatos à eleição, que se empenhem, com o seu exemplo e testemunho, em dignificar a actividade política, na edificação de uma sociedade justa e fraterna, sempre possível e mais necessária numa sociedade plural e democrática.

A Igreja não tem nem pretende ter nenhum partido político, mas não esquece o seu papel na defesa da democracia, reconhecido pelos políticos mais lúcidos e pelo povo, bem como o seu empenhamento nas causas sociais, onde o bem de todos e a solidariedade exigem a sua presença.

Vemos, com esperança, as próximas eleições, dada a importância que têm neste momento europeu e nacional, e tudo faremos pelo seu êxito, estimulando os membros das comunidades que nos estão confiadas, para que exerçam o seu direito e dever de votar, em consciência e liberdade.



Fátima, 23 de Abril de 2009

publicado por fna-nucleodeesgueira às 23:11

link do post | comentar | favorito

FNA - Núcleo de Esgueira, orienta atelier de Orientação

FNA - Núcleo de Esgueira, orienta atelier de Orientação

 

A pedido da direcção do agrupamento do CNE - de Rocas do Vouga (Sever de Vouga), a FNA - Núcleo de Esgueira orientou Atelier de orientação ao grupo pioneiro.

 

Esta unidade de formação teve em vista instruir os pioneiros de uma unidade de formação essencial para a sua formação escutista e refrescar ensinamentos com vista a habilitar os pioneiros a enfrentar no ACAREG, que se realiza na Vagueira (Vagos) no próximo mês de Agosto, possiveis provas de orientação.

 

Durante a visita a Rocas do Vouga aproveitou-se a oportunidade em fazer amizades e estabelecer contactos.

publicado por fna-nucleodeesgueira às 14:04

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 4 de Junho de 2009

FNA - Nacional, vai a eleições

FNA/Nac, vai a votos

 

 

 

Em conformidade com a deliberação do Conselho Nacional, em Fátima, nos dias 09 e 10 de Maio de 2009, foi marcado novo Conselho Nacional, extraordinário, para o dia 21 de Novembro de 2009, em Fátima, com início às 10H00, onde num dos pontos consta a eleição dos orgãos nacionais, pelo compete à Comissão Eleitoral Nacional da FNA abrir o processo eleitoral, de apresentação de candidaturas.

 

 

publicado por fna-nucleodeesgueira às 18:25

link do post | comentar | favorito

.Translator

.Bandeira de Núcleo

FNA - Esgueira (Bandeira)(tamanho pequeno) FNA - Bandeira de S. Nuno de Santa Maria (tamanho

.Fundadores da FNA - Núcleo de Esgueira

.posts recentes

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. POLÍTICA, terreno privile...

. CONVOCATÓRIA

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. JOTA/JOTI 2014

. INICIO DE ANO ESCUTISTA 2...

. Votos de uma Boa e Santa ...

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. Eleição para o CFJNac

. NATAL 2013

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. CONVOCATÓRIA

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. Faleceu D. António Marcel...

. CONVOCATÓRIA

. FNA - Núcleo de Esgueira,...

. FNA - Núcleo de ESGUEIRA,...

. ...

. Padre Armando toma posse ...

.arquivos

. Março 2015

. Novembro 2014

. Outubro 2014

. Setembro 2014

. Abril 2014

. Março 2014

. Dezembro 2013

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Outubro 2012

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

.Registo de Visitas

Free counter and web stats


.links

.Galeria de fotos

.Março 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
28
29
30
31

.Twitter

<

.Hino da FELLOWSHIP

Find A Lawyer
Find A Lawyer Counter

.Cuscos


blogs SAPO

.FNA - Núcleo de Esgueira